Tecnologia

Samsung recolhe modelo de smartphone que explode

O modelo é recente e ainda só tinha chegado a dez países

A Samsung decidiu recolher os smartphones Galaxy Note 7, depois de vários relatos de baterias que explodiram.

Em comunicado, a empresa explica que houve um "pequeno problema no processo de produção da bateria". A recolha do produto terá início a 19 de setembro, na Coreia do Sul.

Segundo as queixas dos utilizadores, a bateria do smartphone apresentava vários problemas, começando a aquecer enquanto carregava, chegando mesmo, em alguns casos, a explodir e a pegar fogo ao dispositivo.

O modelo é recente e ainda só tinha chegado a dez países, mas sabe-se que pelo menos 2,5 milhões de smartphones já tinham sido encomendados.