Desporto

Futebol. França abre as portas do regresso a Benzema

Avançado do Real "não está banido para a vida", diz o presidente da Federação


Afinal, ainda será possível voltar a ver Karim Benzema na seleção francesa. Pelo menos, a julgar pelas palavras de Noel Le Graet, presidente da Federação gaulesa. "Nesta altura, é um jogador selecionável. Odeio ter alguém punido para a vida toda", afirmou, em entrevista ao jornal "Le Figaro".

Benzema, recorde-se, falhou o Europeu devido ao caso de extorsão envolvendo o colega Mathieu Valbuena e, desde então, não voltou a ser chamado por Didier Deschamps. Para já, o caso continua a decorrer na justiça, o que Le Graet lamenta. "Pessoalmente, acho que está muito atrasado. Mas a justiça é assim. O jogador é alguém de quem nós gostamos. Na seleção, nunca foi um problema. O Didier Deschamps sempre o defendeu, mesmo quando não estava tão bem", salientou o dirigente, que no último domingo, à "Téléfoot", havia dito que "ainda não é altura" do regresso do avançado do Real Madrid.