Desporto

Ténis. Federer quer filhos a treinar com Nadal

Tenista suíço foi apadrinhar a inauguração da academia do maior rival


Roger Federer e Rafael Nadal deram uma enorme demonstração de desportivismo, demonstrando que a rivalidade pode sempre ser saudável. O tenista espanhol inaugurou a sua Academia e teve no suíço o convidado de honra: Federer compareceu e até deixou no ar a possibilidade de vir a colocar os seus próprios filhos a treinar naquele espaço.

"Se quiserem jogar ténis, envio-os para aqui", atirou o lendário tenista, elogiando depois Nadal de forma direta. "És um exemplo para mim. Quando voltavas de lesão fazias tudo parecer tão fácil", referiu.

Já o espanhol não escondeu a felicidade por poder contar com a presença do maior rival na inauguração. "Significa muito que estejas aqui, Roger. Partilhámos grandes momentos no court e conseguimos manter uma grande relação. Devemos estar orgulhosos disso", salientou Nadal, afastando o cenário de reforma apesar de já estar a investir na criação de uma Academia: "Ainda tenho muitos anos no ténis, mas existe um futuro e esta academia é parte dele."

O projeto, inaugurado oficialmente esta quarta-feira, conta com 26 courts de ténis, 10 de padel, um campo de futebol de 7 e residências para os estudantes. Na cerimónia estiveram presentes Francina Armengol, presidente do Governo das Ilhas Balneares, Chris Kermonde, líder da Associação de Ténis Profissional ATP), Míguel Díaz, presidente da Real Federação espanhola da modalidade, para além de empresários e figuras da política do país.

A rivalidade entre Roger Federer e Rafael Nadal é das maiores da história do ténis mundial. Os jogadores confrontaram-se em 34 ocasiões e o espanhol leva uma larga vantagem: 23 vitórias contra 11 de Federer.