Desporto

Futebol. Alexis Sánchez investigado em Espanha por fraude fiscal

Suspeitas remontam às épocas em que jogou no Barcelona

A justiça espanhola abriu uma investigação a Alexis Sánchez por alegada fraude fiscal de um milhão de euros, referente aos anos em que o atleta chileno jogou no Barcelona (entre 2011 e 2014).

A denúncia terá partido do Ministério Público espanhol, que acusa o atacante, hoje em Inglaterra (Arsenal), de simular a cedência dos direitos de imagem. A queixa é referente aos anos de 2011 e 2012, nos quais Alexis não declarou qualquer tipo de receita em direitos de imagem, supostamente cedidos à Numidia Trading Limited, empresa com sede em Malta. O Ministério Público espanhol alega que o futebolista chileno se "terá esquecido" de referir que era proprietário de 99 por cento da Numidia...

Alexis Sánchez é assim o último jogador ligado ao Barcelona apanhado nas malhas da evasão fiscal, depois de Messi, Neymar e Mascherano também já terem sido obrigados a responder perante a Justiça espanhola.