Internacional

Site de Donald Trump apaga promessa de barrar entrada a muçulmanos nos EUA

Durante a última noite eleitoral, a página onde Trump manifestava esta intenção sofreu alterações


A declaração em que Donald Trump, na altura candidato à presidência dos EUA, manifestava a intenção de barrar a entrada de muçulmanos do país foi apagada do site da campanha, após a vitória do magnata nas eleições presidenciais norte-americanas.

A declaração de Trump acerca da comunidade muçulmana foi substituída por uma outra, onde encoraja os seus apoiantes a doarem dinheiro para a campanha.

Esta troca foi realizada horas depois de se saberem os resultados eleitorais.

O Independent refere que, na manhã do dia das eleições, a página ainda se encontrava ativa. O jornal avançou ainda que não foi possível obter qualquer tipo de informação da parte da equipa de Trump acerca desta matéria. 

Os comentários estão desactivados.