Sociedade

Buscas por Maëlys vão abrandar nos próximos dias

O principal suspeito do desaparecimento de Maëlys de Araújo de nove anos, continua a alegar a sua inocência.

As buscas pela lusodescendente Maëlys de Araújo vão abrandar já nos próximos dias. As autoridades estão a investigar o desaparecimento há mais de duas semanas, contudo ainda não encontraram nenhuma pista sobre o seu paradeiro, diz o Le Parisien.

A mesma publicação diz que fonte próxima do processo terá afirmado que as buscas estão “totalmente concluídas” e que o dispositivo policial se manterá nas proximidades do lago que está perto da casa do principal suspeito do rapto.

Nordahl L., o principal suspeito do desaparecimento de Maëlys de Araújo de nove anos, continua a alegar a sua inocência, depois de terem sido descobertos vestígios do ADN da criança no painel do seu carro.

Questionado sobre a possibilidade de os arranhões que foram encontrados no seu corpo serem uma pista que o poderá incriminar, o homem respondeu que são “coisas comuns da vida” que acontecem no quotidiano. Quando à segunda criança que o homem evocou, parece que não existe. 

Maëlys está desaparecida desde o dia 27 de agosto.