Sociedade

Quer testar a rede de bicicletas de Lisboa? A EMEL procura voluntários

A rede terá 1410 bicicletas distribuídas por 140 estações


Quem quiser testar a rede de partilha de bicicletas em Lisboa, pode fazê-lo em regime de voluntariado. A Empresa Municipal de Mobilidade e Estacionamento de Lisboa (EMEL) vai abrir candidaturas para quem quiser, durante o mês de março, experimentar as bicicletas que, mais tarde, vão estar disponíveis para o público.

O administrador da EMEL, João Dias, garante que experiências anteriores – como o caso da aplicação ePark – já mostraram que o envolvimento do público no trabalho da empresa  trouxe mais-valias para o produto final. A Emel vai assim dar “a oportunidade aos utilizadores de eles próprios serem cocriadores da solução e, durante um período de tempo e num espaço limitado” testarem e depois darem sugestões, explica.

A rede terá 1410 bicicletas (940 elétricas e 470 convencionais) distribuídas por 140 estações: 92 no planalto central da cidade, 27 na baixa e frente ribeirinha, 15 no Parque das Nações e seis no Eixo Central. Para já, em março, arranca a fase piloto com 100 bicicletas no Parque das Nações.

Para ser voluntário basta inscrever-se num site que a EMEL vai criar e divulgar nos próximos dias.