Sociedade

Prisão de Caxias é uma das mais lotadas do país

Três homens - um português e dois chilenos - conseguiram fugir depois de cerrarem as grades da janela e passarem zona sem vigilância

Três homens fugiram na madrugada de domingo do estabelecimento prisional de Caxias. Os detidos, que estavam presos preventivamente, conseguiram escapar depois de terem cortado as grades da janela da cela e terem feito um buraco nas traseiras do estabelecimento prisional, tendo conseguido escapar por zona de mato.

Recorde-se que o estabelecimento prisional de Caxias, situado no concelho de Oeiras, é classificado como de segurança alta e está vocacionado essencialmente para reclusos preventivos.

É composto por duas zonas prisionais, Reduto Norte e Reduto Sul (RS), que funcionam em edifícios independentes, distando entre si cerca de 300 metros funcionando, na prática, como dois estabelecimentos prisionais.
No final do ano passado,  Caxias fazia parte das dez prisões mais lotadas. No total, o estabelecimento tinha 518 pessoas detidas, quando a capacidade máxima é de 334.