Desporto

“O meu sonho morreu”, diz Ranieri

O italiano que foi despedido do Leicester mostrou-se triste.


Claudio Ranieri, o treinador que fez história ao levar o Leicester ao título de Inglaterra e agora foi despedido, escreveu uma carta ao antigo clube.

“O meu sonho morreu”, começa por escrever o italiano considerado o melhor treinador do mundo em 2016.

“Depois da euforia da última temporada e de ter sido coroado campeão da Premier League, tudo com que sonhei foi ficar no Leicester, o clube que amo, para sempre. Infelizmente, não estava destinado a isso", diz o técnico.

"Tenho de agradecer, acima de tudo, ao Leicester. Foi uma aventura fantástica e acompanhar-me-á para sempre”, refere.

Recorde-se que Claudio Ranieri foi despedido apenas nove meses depois de ter sido campeão inglês.

Esta época, o Leicester está a lutar para não descer de divisão.