Desporto

Caso vouchers. Recurso do Sporting recusado

Em causa estão as ofertas aos árbitros por parte do Benfica.


O Tribunal Arbitral do Desporto rejeitou o recurso do Sporting relativo ao caso dos vouchers do Benfica.

O TAD confirma, assim, as decisões anteriores da Comissão de Instrução da Liga e do Conselho de Disciplina.

O Tribunal Arbitral do Desporto considerou esta quinta-feira que as ofertas feitas pelo Benfica aos árbitros, observadores e delegados não configuram tentativa de obtenção de atuação parcial.

De acordo com o processo citado pela Lusa, o TAD considera como não provado que o Benfica tivesse solicitado ou sugerido a qualquer árbitro principal, assistente, observador ou delegado uma atuação parcial.

Os comentários estão desactivados.