Desporto

Processo da morte de “Rafeiro” em combate de artes marciais foi arquivado

MP arquivou processo sem culpar ninguém

DR  

O Ministério Público da Irlanda arquivou o processo correspondente à morte de João “Rafeiro” Carvalho.

O lutador, de 28 anos, perdeu a vida num combata de Artes Marciais Mistas em abril de 2016, numa luta contra Charlie Ward e as autoridades irlandesas tinham aberto uma investigação para apurar as causas da morte do atleta que perdeu a vida após 48 horas em estado crítico no Hospital Beaumont, em Dublin.

O inquérito concluiu agora que “Rafeiro” sofreu uma hemorragia subdural aguda, devido aos golpes sofridos durante o combate, mas acabou por não acusar ninguém pela morte do atleta.