Sociedade

Turista português retido na Índia

Passou a noite dentro de um templo, onde foi apanhado pelas autoridades

Um turista português está retido na Índia desde dia 16 deste mês.

O homem, identificado pela imprensa local como Pedro Miguel Raposo, de 23 anos, foi apanhado dentro de um templo em Goa, onde passou a noite. Foi detido, ouvido e libertado, mas só pode sair do país quando o processo judicial terminar, revela o Correio da Manhã.

"Agora não pode voltar para casa enquanto o tribunal não terminar este caso", disse fonte da polícia da cidade de Kochi. "Não importa se é estrangeiro. A lei é igual para todos", acrescentou.