Peixe

Milhares de conservas apreendidas

Mais de 300 mil latas de conservas de peixe foram apreendidas em Portugal pela Interpol e Europol. A apreensão foi numa operação mundial que visou comida e bebida adulterada.


A operação das duas polícias permitiu encontrar 230 milhões de euros de alimentos e bebidas de contrafação. Em Portugal, foram apreendidas 311 mil latas de conserva de peixe que foram introduzidas numa fábrica de transformação que tinha a sua licença revogada por recondicionamento fraudulento das suas embalagens.

De acordo com o anúncio das organizações internacionais de polícia criminal, esta operação da desenvolveu-se em 61 países, de dezembro de 2016 a março de 2017 e resultou na apreensão de perto de 26 milhões de litros de álcool adulterado, mais de 9.800 toneladas de alimentos e 26,4 milhões de litros de produtos perigosos.

A operação envolveu a polícia, alfândegas e serviços inspectivos e foi conduzida em lojas, mercados, aeroportos, portos e zonas industriais.