Internacional

Pedófilo condenado que disse ter matado Maddie revela motivo da sua afirmação

“Fi-lo para causar problemas à polícia porque me dava gozo. Ainda acho engraçado”

DR  

Aaron Collis, o homem condenado por pedofilia que disse ter matado Madeleine McCann, revelou agora o verdadeiro motivo pelo qual disse tal afirmação.

Em 2011, Aaron Collis admitiu ter abusado de 11 crianças ao longo dos últimos dois anos, tendo ficado detido num hospital psiquiátrico de segurança média – local este onde terá criado um site online no qual escreveu que matou Maddie.

Tal afirmação não era verídica, mas as suas alegações vieram atrapalhar as investigações. Agora, o homem decidiu revelar o verdadeiro motivo da mentira: "As razões pelas quais menti foi para servir meus próprios propósitos. Preferia que as pessoas me odiassem do que nada. Quero que as pessoas me amem ou me odeiem. Não quero que as pessoas pensem que sou insignificante”, disse Aaron Collis ao jornal local da sua terra natal, Cambridge News.

“Fi-lo para causar problemas à polícia porque me dava gozo. Ainda acho engraçado”, realçou o homem, afirmando ainda que terá criado o site para tentar entrar em contacto com os pais da criança e para enganar deliberadamente as autoridades.