Sociedade

Luís Filipe Vieira arguido em caso de burla

O presidente do Benfica está a ser investigado

Luís Filipe Vieira, foi constituído arguido e caso de burla ao BPN.

O presidente do Benfica está a ser investigado, enquanto empresário, por suspeitas de burla agravada.

O inquérito teve início em 2009, depois do banco ter feito uma denúncia contra o presidente dos encarnados, por este ter recebido um crédito com um valor elevado de forma fraudulenta por outra sociedade.

O BPN dizia-se lesado num crédito nunca pago, cujo valor chegou a atingir os 17,4 milhões de euros, diz o Jornal de Notícias.