Sociedade

Universidade de Lisboa falada na imprensa internacional

Universidade é falada por causa da cabeça de um assassino

Universidade de Lisboa falada na imprensa internacional

DR  


A faculdade de Medicina de Lisboa está a ser noticiada pela imprensa internacional.

Isto porque numa das salas do edíficio se encontra algo que chama a atenção dos indivíduos que frequentam, pela primeria vez, este espaço: a cabeça de Diogo Alves.

Segundo a Atlas Obscura, Diogo Alves foi um dos primeiros 'serial killers' e o último homem a ser enforcado em Portugal, cuja cabeça terá sido guardada para fazer investigações.

Anos mais tarde, foi exposta no teatro anatómico da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, sendo já um ‘objeto’ familiar nos corredores do edifício.

Os comentários estão desactivados.