Zona Euro

Inflação em maio menor que em abril

A inflação na zona euro baixou de 1,9% em abril para 1,4% em maio, o valor mais baixo deste ano e abaixo da meta do Banco Central Europeu (BCE) de uma taxa abaixo mas próxima de 2%.

Segundo a estimativa rápida do Eurostat, a taxa de inflação entre os países que partilham a moeda única ficou abaixo da esperada pelos analistas (1,5%) e a chamada "inflação core", que exclui como os alimentos e a energia, que tem preços mais voláteis, baixou para 0,9%.

De acordo com o gabinete oficial de estatísticas da União Europeia (UE), no setor da energia os preços aumentaram 4,6% em maio, valor inferior aos 7,6% de abril. O preço da alimentação, ácool e tabaco aumentou 1,5%, o mesmo valor de abril. Os serviços aumentaram de custo 1,3% (que se comparam com os 1,8% de abril) e dos bens industriais não energéticos, 0,3%, um valor estável face a abril.

Um menor crescimento da inflação era esperado, depois de terem sido conhecidos os dados da Alemanha, que caiu de 2% em abril para 1,4% em maio.

Um novo boletim sobre a inflação em maio, com dados para a União Europeia, será divulgado a 16 de junho.