Grécia

FMI fora de futuros resgates

O ministro das Finanças da Alemanha revelou que o Fundo Monetário Internacional (FMI), credor grego a par da com a zona euro deixará de participar em programas de resgate à Grécia. 

“Achamos todos conveniente (zona euro e FMI) que o terceiro programa grego (2015-2018) seja o último com a participação do FMI”, disse Wolfgang Schäuble em entrevista ao diário gregoTa Néa.

Segundo o ministro alemão, “as regras do FMI correspondem a um país que dispõe da sua própria moeda mas não de um país-membro de uma união monetária”.

O FMI considera que um alívio da dívida grega é a uma solução para a economia do país. O governante alemão é contra uma nova reestruturação da dívida helénica. 

O fundo, que participou financeiramente nos dois primeiros resgates e continua a partcipar no atual terceiro, recusa disponiblizar os fundos enquanto a zona euro não decidir aliviar a dívida grega (atualmente em 180% do PIB).