Desporto

Inter vence Bayern e Renato afinal só sai "por empréstimo"

Presidente-executivo dos bávaros vê futuro no clube para o internacional português

Inter vence Bayern e Renato afinal só sai "por empréstimo"

Noutro dos jogos inseridos no prestigiado torneio de pré-época International Champions Cup, este disputado em Singapura, o Inter de Milão venceu esta quinta-feira o Bayern Munique por 2-0. Éder, avançado italo-brasileiro, resolveu o assunto com um bis de cabeça, aos 8 e 30 minutos.

João Mário saiu aos 66' no conjunto italiano, dando lugar a Brozovic, depois de quase ter marcado na transformação de um livre direto - foi às malhas laterais. Por seu lado, Renato Sanches entrou ao intervalo para o lugar do reforço Tolisso e esteve igualmente em bom plano, tendo também tentado o golo num remate de fora da área - a bola passou ligeiramente ao lado do poste esquerdo da baliza de Handanovic.

A continuidade do médio português no plantel do Bayern, de resto, continua a ser um dos assuntos mais em destaque na digressão asiática dos bávaros e, em conferência de Imprensa, Karl-Heinz Rummenigge, presidente-executivo do Bayern, garantiu que o clube não pretende vender o jogador - apesar do propalado interesse do AC Milan, pronto para pagar 40 milhões de euros pelo internacional luso, de acordo com informações veiculadas na quarta-feira pelo jornal francês "L'Équipe".

"Esta é uma história com final em aberto. Estive em Singapura e tive uma longa conversa com ele, partilhando ideias e pensamentos. Na verdade, ele não tem necessariamente de ir, ele quer é jogar e essa é a coisa mais importante. Todos nós partilhámos essa opinião. Ele é um jogador jovem e quer jogar com certa continuidade. Caso não seja possível então teríamos de o emprestar num período máximo de um ano", salientou Rummenigge, confiando que Renato Sanches ainda poderá "ser um jogador bom e útil para o Bayern". "O Carlo vai dar-lhe agora certamente também oportunidades", prometeu.

Os comentários estão desactivados.