Sociedade

Incêndio na Covilhã obriga à retirada de pessoas das aldeias

As pessoas foram retiradas por prevenção.


O fogo na Covilhã que deflagrou este sábado pelas 15h18 fez com que algumas aldeias fossem evacuadas, confirmou à Lusa o presidente da Câmara da Covilhã, Vítor Pereira.

O autarca disse ainda que estas retiradas de pessoas foram preventivas e que não se trata de “nada de dramático”.

A combater as chamas no local estão 376 operacionais, 109 meios terrestres e 13 meios aéreos.