Internacional

Jornalista baleado por polícia que confundiu máquina fotográfica com uma arma

O caso aconteceu ontem à noite em Ohio, nos Estados Unidos da América. Jornalista está livre de perigo

Andy Grimm, jornalista no "New Carlisle News", foi baleado enquanto fotografava uma operação stop, ontem à noite, em Main Street, Ohio. A máquina fotográfica terá sido confundida com uma arma e O autor do alegado engano foi Jake Shaw, um agente do Condado de Clark, estado do Nevada.

Segundo o Washington Post,  o jornalista saiu da redação com o intuito de fotografar a trovoada, quando deu de caras com uma operação de trânsito, à qual aproveitou para tirar fotografias.

Segundo o mesmo diário, um agente que revistava uma viatura terá confundido a câmara e o tripé com uma arma branca, apontada na sua direção.

 Segundo a descrição de Andy, o repórter saiu do Jeep e começou a montar seu tripé e câmera quando foi baleado de lado "sem qualquer aviso". Foi em seguida encaminhado com urgência para um hospital local onde foi submetido a cirurgia,estando , segundo o jornal americano Washington Post "fora de perigo".

 O caso está agora a ser investigado pelas autoridades.