Internacional

Lula e Dilma denunciados na Lava Jato

Os dois ex-presidentes são acusados de participação em organização criminosa e desvio de fundos da Petrobras


A procuradoria-geral brasileira denunciou esta semana diversos políticos com ligações ao Partido dos Trabalhadores (PT), no âmbito da operação Lava Jato, incluindo Lula da Silva e Dilma Rousseff.

Os dois ex-presidentes são acusados de participação em organização criminosa e desvio de fundos da companhia petrolífera Petrobras.

Para além dos elementos ligados ao PT, na acusação do procurador-geral Rodrigo Janto constam os nomes de “integrantes do PMDB e do PP, cujas condutas são objeto de outros inquéritos”. Alguns deles ainda exercem cargos públicos.

Segundo a “Folha de São Paulo”, Janot sugere a perda dos cargos públicos de todos os denunciados e aos membros do PT pede a indemnização da Petrobras em 6,8 mil milhões de reais (1,8 mil milhões de euros), pelo desvio de dinheiro e danos morais e materiais.