Desporto

Benfica-Portimonense. Fábio Veríssimo explica golo anulado aos algarvios

O juiz da AF Leiria foi o vídeo-árbitro designado para o encontro de sexta-feira na Luz

Fábio Veríssimo, designado como VAR (vídeo-árbitro) para o jogo de sexta-feira na Luz entre o Benfica e o Portimonense, explicou este sábado, em declarações recolhidas pela Federação Portuguesa de Futebol (FPF), o processo que levou à anulação do golo que daria o empate aos algarvios a poucos minutos do apito final - o encontro terminou com um suado triunfo dos encarnados por 2-1.

Aqui fica a explicação do juiz da AF Leiria:

"Tivemos logo a sensação de que poderia ter havido uma irregularidade no início da jogada, uma vez que foi uma tabela curta junto à lateral. Eu como vídeoárbitro fiquei a ver todas as imagens disponibilizadas para ver qual o melhor ângulo para aferir se havia alguma irregularidade ou não. O assistente do videoárbitro, o AVAR, continuou a ver o jogo e transmitiu ao árbitro que estávamos a rever um lance e para ele não apressar o recomeço do jogo, uma vez que era o lance do empate, perto do fim, e o Benfica podia querer reatar de forma célere. Nós precisávamos de tempo. Seguimos os procedimentos do protocolo e dissemos ao árbitro: 'Gonçalo [Martins], atenção que há fora de jogo junto à linha lateral'. Como ele fez o sinal de VAR o barulho foi enorme e ele teve dificuldade em perceber a parte final da comunicação e foi fazer a sinalética de fora de jogo no meio da área. Depois comuniquei com ele e ele corrigiu a decisão e o jogo recomeçou no sítio certo."