LifeStyle

Estas 9 opções de pequenos almoços vão fazê-lo saltar da cama mais depressa

O fim de semana está mesmo à porta, por isso não há desculpas para tomar um pequeno almoço reforçado e rico em proteínas para poder ter energia para dar e vender durante este fim de semana. 

O pequeno almoço é a refeição mais importante do dia mas, às vezes, por falta de tempo ou mera preguiça, acabamos apenas por beber um copo de leite e comer uma barra de cereais. Agora com o fim de semana à porta, há nove opções de pequenos-almoços internacionais pelos quais vale mesmo a pena saltar já da cama.

Gana

Waakye é o pequeno-almoço preferido dos ganeses. Com origem no norte do país, consiste de arroz e feijão (cozidos em conjunto) servidos com kelewele (plátano frito com especiarias), peixe frito, frango frito ou ovos cozidos.
É normalmente vendido em bancas de rua e pode também provar wele (pele de vaca) como acompanhamento. Pode parecer estranho mas é absolutamente divinal.

Turquia

Existem obviamente certas variações locais, mas os ingredientes principais deste pequeno-almoço equilibrado são queijo, carnes e pão.
Perca-se entre queijo feta, queijo maturado (ka?ar peyniri), um ovo cozido ou sucuklu yumurta (ovos mexidos com chouriço de carne de vaca, temperados com especiarias), pepino e tomate fatiados, azeitonas e pão (género pão de pita) com compota ou mel. Há como não acordar a tempo do pequeno-almoço?

México

Chilaquiles é uma daquelas receitas em que se “reciclam” as tortilhas e molhos que sobram da noite anterior.
Existem algumas variações pelo país fora, mas a base da refeição é sempre composta por tortilhas, molhos (de pimento verde ou vermelho) e ovos (mexidos ou estrelados). Depois apenas tem que adicionar ingredientes conforme preferir: frango desfiado, queijo-creme e feijões fritos.

Alemanha

Enquanto em alguns países da Europa é tradição começar o dia com um pequeno-almoço leve – um café bem forte e um pão, bolo ou croissant – numa casa alemã o dia começa de forma mais metódica.
Pratos de enchidos, uma variedade de queijos, ovos cozidos, tomates fatiados, fruta e diferentes tipos de pão e compotas. Se a ocasião for especial, não falta também peixe fumado. Em algumas zonas do país (Baviera por exemplo), há também um segundo pequeno-almoço, chamado zweites Frühstück.

França

O petit dejeuner segue o seu nome à risca, portanto não há lugar para mesas repletas de comida. O café é essencial, geralmente com leite – café au lait – mas por vezes pode ser substituído por um delicioso chocolate quente. O hidratos de carbono para dar energia para o dia chegam normalmente disfarçados de doce.
As tartines (Baguete aberta ao meio, com manteiga e compota ou chocolate para barrar) são populares, mas brioches, croissants, pain au chocolat (merenda de chocolate em português) e pains aux raisins (pão com passas) também gostam de fazer uma aparição, especialmente ao fim-de-semana. O pequeno-almoço dos hotéis, normalmente, tem também queijo e ovos.

Colômbia

Na Colômbia, o pequeno-almoço mais famoso é o Calentado. São restos de arroz e feijão servidos com um ovo, chouriço, carne grelhada (normalmente de vaca) e arepa (um pão achatado). Sem surpresa, nesta parte do mundo o chocolate quente é a bebida de eleição.
A Changua também é uma excelente opção. É uma sopa de ovo e leite com pão a acompanhar (ou mesmo a “nadar” na sopa) servida na região centro dos Andes, especialmente nas zonas de Boyacá e Cundinamarca, que inclui Bogotá. É servida numa taça, e guarnecido com coentros e chalota e o pão chama-se calado. Se teve uma noite demasiado longa e regada, este é o pequeno-almoço ideal.

Espanha

Também conhecido como o donuts espanhol, o churro é uma massa frita que depois de polvilhada com açúcar se mergulha em chocolate quente, ou até café com leite.
Há dois tipos de churros – os mais finos (mais populares no norte de Espanha) e os mais grossos (tradicionais no sul do país). Há também quem lhe chame porras. Uma bomba calórica? Sem dúvida, mas a verdade é que vale bem a pena.

Canadá

Em França é conhecido como pain perdu – “pão perdido” que pode ser ressuscitado quando cozinhado. No Canadá, a Tosta Francesa chama-se pain doré – "pão dourado".
Ainda que a tosta francesa, já exista desde os tempos medievais, há que dar crédito aos canadianos por a terem popularizado. Para lenhadores, que se preparam para um longo dia de trabalho árduo, é quente, doce e uma fonte essencial de energia para enfrentar o dia.

Inglaterra

Este é daqueles pequenos-almoços lendários. É tão popular que deixou de ser uma refeição exclusiva da manhã e tornou-se num “all-day breakfast” (pequeno-almoço durante todo o dia).
O pequeno-almoço inglês consiste de várias tiras de bacon, duas deliciosas salsichas, black pudding (parecido com uma morcela), feijão, um tomate, cogumelos e dois ovos estrelados. E não podem faltar uma ou das fatias de crocante pão torrado.