Sociedade

42% dos portugueses não marca consulta no dentista há mais de um ano

27% dos portugueses apenas recorreu ao dentista em caso de urgência

Os portugueses aumentaram as suas visitas ao dentistas, mas cerca de 42% não marca consulta há mais de um ano, sendo que 27% nunca vão ao dentista e apenas recorrem a este médico quando há uma situação urgente.

De acordo com os dados do barómetro de saúde oral, em comparação com 2015, este ano houve um aumento de 5,4% de portugueses que foram pelo menos uma vez a uma consulta de medicina dentária.

Orlando Monteiro, bastonário da Ordem dos Médicos Dentistas, afirmou à agência Lusa, que há uma ligeira melhoria, mas que no geral ainda se mantém "a velha questão de acessibilidade, exisitindo ainda muitas barreiras para combater.

O barómetro mostra que existem 42% de portugueses que não visitam o dentista há mais de um ano e 27% nunca vão ao dentista, a não ser em caso de emergência. Os dados foram recolhidos este ano, no verão, indicam que existe 68% dos portugueses faltam dentes naturais.

Os dados revelaram ainda que 90% não recorre ao Serviço Nacional de Saúde (SNS) para ir ao dentista e dos que recorreram apenas metade conseguiu resolver o seu problema.