Vida

Mantorras nega acusações de violência

O antigo jogador do Benfica afirmou estar de “consciência tranquila”, e explicou que foi o dinheiro do filho que esteve na origem das discussões.
 

Mantorras negou ter agredido a mulher, assumindo apenas a forte discussão e admitindo que houve realmente empurrões, mas que não passou disso, escreve o Correio da Manhã.

"Houve uma briga por causa do dinheiro do meu filho, que desapareceu de casa, e, após uma discussão familiar, ela [a mulher] agarrou-me e tive de a afastar. Foi aí que me mordeu a mão, eu empurrei-a e ela caiu em cima da cama", explicou o ex-jogador ao CM.

Pedro Mantorras foi acusado, na sexta-feira passada, de violência doméstica pela mulher, mas agora desmente tudo. "Isso não aconteceu. Aliás, ela saiu de casa e conduziu o Porshe, pelos vistos até ao hospital. Estou de consciência tranquila", afirmou o ex-jogador.

De recordar que o casal está em processo de divórcio.