Internacional

Desafiante, Mugabe recusa deixar o poder

Mugabe afirmou no seu discurso que irá permanecer no poder até ao congresso do seu partido, em dezembro


No seu discurso à nação zimbabuana, Robert Mugabe, presidente do Zimbabué e no poder há 37 anos, recusou deixar o poder nas próximas semanas, afirmando que irá presidir ao congresso do seu partido, ZANU-PF, que se realizará em dezembro. 

Hoje de manhã, o comité central do ZANU-PF destituiu Mugabe como líder do partido, nomeando como seu sucessor o vice-presidente do país, Emmerson Mnangagwa.

Não é claro como Mugabe irá presidir ao congresso do seu partido, tendo em conta que foi destituído do cargo. 

Apesar da intervenção dos militares na passada quarta-feira e da perda de apoio do seu partido, Mugabe, que tem visto o seu poder diminuir, mantém o desejo de permanecer no poder.