LifeStyle

Deve ou não contar a verdade sobre o Pai Natal às crianças?

Psicóloga explica que acreditar no Pai Natal só traz benefícios

Kristen Dunfield, uma psicóloga, professora e investigadora da Universidade de Concordia, no Canadá, defende que as crenças imaginárias não são prejudiciais, muito pelo contrário, ajudam a potenciar vários resultados positivos no desenvolvimento emocional das crianças.

A psicóloga, em entrevista ao Global News, afirmou que os pais não se devem preocupar em desmitificar a crença de que o Pai Natal existe, pois a certo momento o mito irá desaparecer.

“A melhor abordagem consiste em apoiar as crianças quando elas descobrem tudo às suas custas. Mais tarde ou mais cedo, elas vão perceber e não vai ser tão mau como os pais pensam”, explica, completando ainda que as crianças deixam de acreditar no Pai Natal por volta dos oito anos de idade.