Economia

Eurovisão. Bilhetes à venda por mil euros

Várias pessoas têm usado plataformas para venda ilegal de bilhetes

As plataformas de venda ilegal de bilhetes estão a ser usadas e há quem esteja a pedir mais de mil euros por um bilhete para a Eurovisão.

Portugal vai receber o festival, no próximo ano, no entanto, a procura é tanta que os bilhetes esgotam rapidamente nos postos de venda oficiais e muitos recorrem a plataformas de venda ilegal.

Segundo o Correio da Manhã, o preço nas plataformas de revenda online chega a ser superior a mil euros. A ASAE afirmou que as autoridades não conseguem atuar diretamente porque os sites não estão alojados em Portugal.

Os bilhetes estão a ser vendidos oficialmente pela Blueticket com valores entre os 20 e 200 euros.

A Eurovisão vai realizar-se a 12 de maio de 2018, no Altice Arena, em Lisboa.