LifeStyle

UberEATS: depois da revolução nas viagens, a revolução na entrega de comida

No processo de encomenda, a UberEATS permite que se incluam instruções especiais sobre o pedido

UberEATS: depois da revolução nas viagens,  a revolução na entrega de comida

Depois de já estar em várias cidades europeias, a UberEATS chegou a Lisboa no final de novembro. Fonte oficial da Uber explica ao i que “a UberEATS é uma aplicação que liga pessoas aos restaurantes mais populares da sua cidade, para que tenham acesso à refeição que desejam onde quiserem e quando quiserem”. 

A UberEats, que de momento entrega apenas em Lisboa, fez uma parceria com mais de 100 restaurantes e, entre as 12h e as 24h, é possível encomendar os pratos que quiser. Para fazer a encomenda, há duas maneiras: através do site ou da aplicação gratuita, que o utilizador tem de descarregar para o telemóvel. Depois, só tem de escolher o restaurante, o que quer encomendar e colocar a morada de entrega. O restaurante confirma o pedido e, depois, a aplicação informa sobre o tempo estimado da entrega, sendo possível acompanhar o processo em tempo real. O valor da taxa de entrega é fixo – 2,90€ –, não sendo obrigatório consumir um valor mínimo para poder fazer a encomenda. 

Os preços dos pratos correspondem aos valores normais praticados pelo restaurante. 

Quanto ao pagamento, é feito através da aplicação, com cartão de crédito, cartão de débito ou PayPal, e processado depois da entrega da encomenda. 

No processo de encomenda, a UberEATS permite até que se incluam instruções especiais sobre o pedido, relativas, por exemplo, a alergias alimentares. 

E para quem gosta de McDonald’s, importa referir que, através da UberEATS, pode encomendar qualquer produto da cadeia de fast food norte-americana, já que foram os primeiros parceiros oficiais em Lisboa – embora através da Glovo seja possível pedir qualquer coisa. A UberEATS está disponível em mais de 200 cidades a nível mundial. 

Os comentários estão desactivados.