Rio Maior

Generis investe 15 milhões em nova fábrica

A farmacêutica Generis - líder de medicamentos genéricos em Portugal – vai investir 15 milhões de euros numa unidade em Rio Maior, que irá criar mais de uma centena de postos de trabalho. 

De acordo com a presidente do município, Isaura Morais, o contrato-promessa de compra e venda de terreno está assinado. A construção deverá começar em setembro.

A primeira fase do investimento, que irá ocupar dois dos 8,8 hectares adquiridos pela empresa, destina-se à criação de uma unidade de recepção e embalamento de medicamentos a granel, produzidos em Venda Nova e na Índia.

A previsão é que a produção anual atinja as 100 milhões de embalagens, que irá permitir o aumento da exportação para os vários mercados em que a Generis opera. Como "mercados naturais" dos seus produtos, a empresa aponta países africanos como Angola, Moçambique e Cabo Verde.

A Generis está também a comercializar medicamentos em países da África francófona, no Médio Oriente e em alguns países asiáticos e outros do continente americano

A empresa foi adquirida há um ano pela farmacêutica indiana Aurobindo Pharma por 135 milhões de euros, através da subsidiária holandesa Agile Pharma.

 A unidade de produção situada em Venda Nova, na Amadora (distrito de Lisboa), possui capacidade para fabricar 1,2 mil milhões de comprimidos/cápsulas por ano.

Com mais de 200 produtos no portefólio, a Generis atingiu a liderança dos medicamentos genéricos em Portugal. Começou a expansão da sua marca com a  exportação direta do produto acabado para os clientes finais (hospitais, clínicas, farmácias, ONG).

Ao mesmo tempo desenvolveu parcerias com agentes e distribuidores locais que tenham interesse em representar e distribuir os seus produtos.