Internacional

Segundo juiz confirma condenação de Lula da Silva

Falta falar um juiz.


O juiz revisor Leandro Paulsen também votou pela condenação de Lula da Silva pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro.

Já o juiz relator João Pedro Gebran Neto, também tinha votado no mesmo sentido, pedindo um aumento de pena do antigo presidente brasileiro dos nove anos e seis meses para os 12 anos e um mês.

O julgamento decorre em Porto Alegre, no Brasil, e centenas de manifestantes estão concentrados, desde segunda-feira, perto da sede do Tribunal Regional Federal da 4.ª Região (TRF4), que está a analisar o recurso.

Falta agora falar o juiz Victor Laus. Este segundo voto pela condenação de Lula confirma a condenação do antigo presidente brasileiro pelo tribunal, mas o voto do último juiz a falar será decisivo. Caso Victor Laus vote pela absolvição de Lula, a defesa poderia apresentar um "embargo infrigente", o que levaria a uma repetição da sessão.