Vida

Corpo de mulher sepultada encontrado com ferimentos dentro do caixão

Vizinhos que viviam junto ao cemitério ouviram gritos vindos do local

O corpo de uma mulher, Rosângela dos Santos, foi sepultado a 29 de janeiro em Riachão das Neves, na Bahia, Brasil, e esta terá morrido devido a um choque cético. No entanto, pode ter ocorrido um erro grave.

Vários vizinhos do cemitério onde a brasileira foi sepultada afirmaram ter ouvido gritos vindos do local, mas pensavam que seria jovens que costumam frequentar o local.

"Quando cheguei ali ouvi baterem lá de dentro. Pensei que era brincadeira dos meninos que passam o tempo aqui dentro (do cemitério) a brincar... Gemeu duas vezes e parou", declarou uma das moradoras daquela zona, ao site G1.

Este mês, a família da brasileira decidiu abrir o caixão à força, verificando que o corpo ainda estava quente e que as mãos e a testa estavam feridas, apresentando manchas de sangue. Esta situação pode levar a crer que Rosângela foi enterrada ainda com vida, e que terá tentado pedir ajuda, acabando mais tarde por morrer.  

De acordo com o mesmo site, que cita a polícia brasileira, as pessoas que abriram o túmulo da mulher ter de responder pelo crime de violação de urna funerária.