Sociedade

Nível das águas do Tejo deve sofrer “aumento significativo” nas próximas horas

A aviso é da Proteção Civil, que prevê que o caudal do rio Tejo sofra um “aumento significativo”, fazendo com que ocorra o galgamento das margens em zonas ribeirinhas. 

De acordo com o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Santarém, em comunicado, "a precipitação intensa que se registou" na quarta-feira em toda a bacia hidrográfica originou o aumento das descargas das barragens de Fratel e Pracana, que "apresentam valores de 98% de capacidade de enchimento". Portanto, estas mesmas barragens têm debitado, ao longo das últimas horas, valores com flutuação entre os 1.500 e os 2.000 metros cúbicos por segundo, prevendo-se assim "uma subida das alturas hidrométricas" durante esta quinta-feira.

o CDOS prevê que , nas próximas horas, ocorra um "aumento significativo do caudal do rio Tejo, existindo uma "elevada possibilidade de galgamento de margens em algumas das zonas ribeirinhas, com efeitos idênticos aos do fim de semana passado".

O CDOS apela às pessoas que habitam em zonas ribeirinhas, que retirem os seus bens, equipamentos e animais destas zonas, pelo perigo de inundação.