Internacional

Caso Skripal. Filha de ex-espião russo já teve alta hospitalar e encontra-se num local secreto

Filha de Sergei Skripal foi envenenada, assim como o pai, a 4 de março

Julia Skripal, a filha do antigo espião russo, Sergei Skripal, que foi envenenada em Salisbury, juntamente com o pai, no Reino Unido, já teve alta hospitalar e foi transportada para um lugar seguro, revelou esta terça-feira a BBC.

Recorde-se que a filha do ex-espião foi envenenada com um gás nervoso no dia 4 de março e esteve em estado crítico durante umas semanas, tendo o seu estado melhorado signficativamente durante a semana passada. 

Recorde-se que, depois deste incidente, gerou-se uma guerra diplomática entre Moscovo e o Ocidente, uma vez que o Reino Unido e vários dos seus aliados anunciaram mais de 150 expulsões de diplomatas russos dos seus territórios.

A Rússia ripostou de imediato, tomando medidas idênticas relativamente a um número equivalente de diplomatas desses Estados que expulsaram diplomatas russos.