Sociedade

Sarampo. Número de casos confirmados sobe para 106

Ainda estão a ser investigados 21 casos

O número de casos confirmados de sarampo subiu para 106 e estão sob investigação 21 casos.

Segundo o último balanço da Direção-Geral de Saúde (DGS), divulgado esta quarta-feira, dos 106 casos, 85 são profissionais de saúde, 15 ocorreram em pessoas não vacinadas e 10 em pessoas com o plano de vacinação incompleto.

Foram registados 246 casos negativos e 21 ainda estão a ser investigados.

A DGS relembra que “os sintomas de sarampo aparecem geralmente entre 10 a 12 dias depois da pessoa ser infetada e começam habitualmente com febre, erupção cutânea, tosse, conjuntivite e corrimento nasal”.