Internacional

Desemprego na Alemanha é o menor desde a reunificação

O desemprego desceu para os 5,1% em maio

A Agência federal de emprego alemã anunciou hoje que o desemprego no país desceu para os 5,1% em maio, mantendo-se a tendência decrescente. Os números do desemprego diminuíram duas décimas em comparação com abril e encontra-se hoje no nível mais baixo desde a reunificação da Alemanha, em 1990. 

A população ativa desempregada diminuiu em 60 mil entre abril e maio, representando um universo de desempregados na ordem dos 2,3 milhões. 

"O desemprego e subemprego voltaram a cair, o emprego continua a crescer e a procura de pessoas continua alta. A tendência positiva do mercado laboral está a consolidar-se, ainda que de uma forma mais débil do que nos meses de inverno”, afirmou Detlef Scheele, presidente da agência federal de emprego alemã, em conferência de imprensa. 

O mesmo responsável anunciou ainda que o número de pessoas empregadas no país subiu para os 44,6 milhões, uma subida de 597 mil pessoas em relação a maio de 2017.