Internacional

Califórnia. Aldeia fantasma está à venda

Aldeia foi uma importante fonte de minério.

DR  

Uma aldeia está à venda na Califórnia. Chama-se Cerro Gordo e era uma das maiores produtoras de prata e chumbo do Estado norte-americano. Entre 1860 e 1870 o número de habitantes estava situado nos 4800 habitantes, mas esta aldeia tinha uma pequena particularidade: havia em média um assassinato por semana.

O artigo, publicado pela revista norte-americana Smithsonian, dá conta de que no início do século XX a mina deixou de funcionar e assim, Cerro Gordo tornou-se uma aldeia fantasma e começou a receber visitas apenas dos mais curiosos.

A novidade é que agora, esta aldeia fantasma, está à venda por 925 mil dólares. Quem decidir adquirir a terra, segundo o site de venda, vai adquirir mais de 121,5 hectares em Owens Valley, direitos minerais e ainda 22 estruturas, entre as quais um hotel.

Apesar da riqueza em minério, O Los Angeles Times escreveu que esta era “uma aldeia de mineiros bêbados que se agrediam com pistolas por causa de mulheres e política” e que não havia “um lado gentil da vida, nenhuma escolha ou igreja”.

Depois da queda do minério e paralisação da atividade da cidade, devido a um incêndio na mina de Cerro Gordo, em 1870, uma companhia comprou o território e reiniciou as operações mineiras, mas durou pouco tempo, sendo que em 1920 apenas 10 homens estavam empregados nas minas.

Apesar de estar à venda, os atuais proprietários continuam a fazer passeios turísticos por Cerro Gordo, não estando decidido o que acontecerá depois da sua venda.