Economia

Aperte o cinto. Já há "hora de ponta acima das nuvens"

Já tínhamos dito que o céu parecia estar a ficar pequeno para tantos aviões. No entanto, falar disto não era falar de um novo recorde no mundo da aviação.

De acordo com a FlightRadar24, que monitoriza o tráfego aéreo, só no dia 29 de junho, 202 157 aviões cruzaram os céus. Nunca se tinham registado tantos voos e pode mesmo falar-se de “hora de ponta acima das nuvens”.

No pico do dia mais movimentado estiveram no ar mais de 19 mil aviões.

Recorde-se que, por norma, agosto é o mês em que se regista mais tráfego aéreo. Mas nunca tinham sido detetados mais de 20 mil voos em apenas um dia.

 

Aumento é global, mas Portugal merece destaque

 Portugal tem atraído cada vez mais turistas. Seja pelo sossego, pela paisagem ou pela segurança, a verdade é que o país está cada vez mais na rota das preferências de quem escolhe o melhor local para passar uns dias de férias. Prova disso tem sido o aumento de voos internacionais que têm cidades portuguesas como destino. Basta uma pesquisa rápida na Internet para constatar o aumento do número de lugares em viagens com destino a cidades portuguesas. 

A moda começou a intensificar-se em 2015. O aumento da procura de Portugal como destino já levou o aeroporto de Lisboa ao limite. Este domingo, por exemplo, esteve a trabalhar com 38 movimentos por hora, entre descolagens e aterragens, o que significa o máximo da atual estrutura.

Recorde-se que, no ano passado, o aeroporto da capital recebeu 27 milhões de passageiros e, em maio deste ano, já tinha passado a barreira dos 11 milhões.