Desporto

Mundial. Portugal ficou em 13.º lugar

Com seis golos marcados e seis golos sofridos, Portugal fica à frente do Japão da Suíça e da Argentina

A saída da seleção portuguesa nos oitavos de final acabou com o sonho de repetir o feito do Europeu e trazer a taça para casa. No entanto, o resultado conseguido este ano pela equipa de Cristiano Ronaldo foi melhor que o atingido no Mundial do Brasil, em 2014.

Feitas as contas, Portugal ficou em 13º lugar, o que significa que a equipa das quinas subiu cinco lugares em relação ao torneio anterior, quando foi eliminado na fase de grupos.

Com um saldo de golos nulo – ou seja o mesmo número de golos marcados e golos sofridos – os campeões europeus ficaram acima da Suíça, do Japão e da Argentina. Portugal conseguiu um resultado de 6-6 (fruto da vitória contra Marrocos por 1-0, dos empates contra a Espanha por 3-3 e contra o Irão por 1-1 e da derrota contra o Uruguai por 2-1), enquanto a Suíça ficou pelos 5-5 e o Japão e a Argentina não passaram dos 4-4.

À frente de Portugal ficaram a Colômbia, a Espanha (que venceu a equipa de Cristiano Ronaldo na liderança do grupo B pela diferença de golos), Dinamarca e México que ficaram entre o nono e o 12º lugar.

Esta não é nem a melhor nem a pior prestação da equipa portuguesa na final de um mundial. Em 1966 e em 2006 Portugal conseguiu chegar às meias-finais terminando o torneio em terceiro e quarto lugar, respetivamente. Enquanto em 1986, a seleção nacional ficou em 17.º lugar e em 2014 ficou em 18.º.

Já no mundial de 2010, Portugal somou os mesmos pontos que os que atingiu este ano na Rússia, com dois empates e uma derrota, no entanto a goleada à Coreia do Norte (7-0) permitiu uma diferença de golos positiva.