Sociedade

Príncipe Aga Khan está em Portugal para celebrar jubileu de diamante

Príncipe está em Lisboa para celebrar o seu jubileu de diamante - 60 anos à frente da comunidade muçulmana ismaelita 

O líder espiritual da comunidade muçulmana ismaelita, o príncipe Aga Khan, escolheu Lisboa para acolher as celebrações do seu jubileu de diamante - 60 anos à frente da comunidade. 

O programa das celebrações - que começou ontem à noite com os concertos de Cuca Roseta e Cheb Khaled e se estende até à próxima quarta-feira, dia 11 de julho - irá trazer até à capital 45 mil fiéis. O plano de comemorações conta também com várias exposições e encontros oficiais.

 No dia 9 de julho, o multimilionário vai encontrar-se com António Costa para um almoço e, mais tarde, irá a Belém para ser recebido pelo Presidente da República, seguindo-se um jantar com Marcelo Rebelo de Sousa. 

No dia seguinte, o líder da comunidade muçulmana ismaelita vai visitar a Assembleia da República e irá discursar na Sala do Senado. No dia 11, a Feira Internacional de Lisboa (FIL), no Parque das Nações, receberá os 45 mil fiéis para uma cerimónia religiosa. Ainda nesse dia, o príncipe Aga Khan irá visitar o Palacete Henrique de Mendonça. 

O programa da sua passagem pelo nosso país só será encerrado no dia 12, com Aga Khan a reunir-se com o ministro da Ciência, Manuel Heitor, e os 16 bolseiros que estão a desenvolver os primeiros projetos aprovados no âmbito de um acordo assinado com o governo que pretende atribuir 10 milhões de euros em bolsas a investigadores.

As celebrações do jubileu de diamante vão afetar a circulação do trânsito no Parque das Nações, Lisboa, onde estão a decorrer as comemorações previstas - o programa está a ter lugar na Altice Arena, na FIL e na antiga Praça Sony, a partir das 8h. 

A comunidade muçulmana ismaelita em Portugal

O príncipe tornou-se líder da comunidade muçulmana ismaelita a 11 de julho de 1957, depois de ter sido o escolhido em testamento pelo seu avô, que ocupou o lugar durante 20 anos.

Esta comunidade religiosa é constituída por cerca de 15 milhões de fiéis, dos quais sete mil vivem em Portugal. Esta ligação de proximidade com o nosso país deveu-se à presença da comunidade religiosa em Moçambique. Nos últimos anos, este vínculo tem vindo a ser reforçado através da Fundação Aga Khan. Em 2015 foi anunciada a vinda da sede mundial da comunidade ismaelita para Portugal e, no ano passado, o príncipe Aga Khan doou meio milhão de euros para ajudar a reconstruir Pedrógão Grande, após os incêndios que assolaram o concelho no verão.

Depois das comemorações deste ano, Portugal acolhe em 2019 a primeira cerimónia dos prémios de música da Fundação Aga Khan.