Internacional

Tailândia. Operação de resgate na gruta Tham Luang vai recomeçar

Domingo foram resgatados quatro dos 13 elementos da equipa de futebol presos na gruta

Vai recomeçar a segunda fase da operação de resgate das crianças e do treinador presos numa gruta, na Tailândia.

Esta segunda-feira, segundo a notícia avançada pela agência Lusa, as equipas de salvamento chegaram ao local e, sem autorização para falarem à comunicação social, mostraram os polegares para cima como forma de expressar confiança na missão.

A gruta em Mae Sai, localizada a cerca de dois quilómetros do centro criado pelas autoridades para a imprensa, não se deixa ver pela neblina, mas também pela chuva, uma das condições meteorológicas que mais tem afetado o resgate do grupo.

Recorde-se que, no passado domingo, as equipas de resgate conseguiram retirar quatro dos 13 elementos da equipa de futebol que ficaram presos na gruta Tham Luang, depois de estes irem explorar a gruta após um jogo de futebol no dia 25 de junho.

Devido às inundações, resultantes das monções, a saída ficou bloqueada e o acesso passou a ser possível apenas via mergulho por túneis escuros e estreitos, já que a água é turva e existem correntes fortes.

De acordo com a Lusa, nas operações de resgate estão a participar 90 mergulhadores, 40 tailandeses e 50 estrangeiros.