Vida

Atriz Mira Sorvino foi amordaçada com preservativo no seu primeiro casting

Sorvino foi uma das atrizes que acusou o produtor Harvey Weinstein

A atriz Mira Sorvino, uma das figuras centrais do movimento #MeToo, contou que, quando tinha 16 anos, na primeira audição que fez, foi amarrada a uma cadeira e amordaçada com um preservativo.

“O diretor de casting tratou-me de forma totalmente inapropriada“, disse a atriz  de 50 anos no podcast da Hollywood Press Association.

Sorvino foi uma das atrizes que acusou o produtor Harvey Weinstein na sequência dos escândalos de abuso e assédio sexual.

Recorde-se que Harvey Weinstein, o conhecido produtor de Hollywood de 66 anos, foi libertado sob fiança na passada segunda-feira. É acusado de vários crimes sexuais.