Desporto

James Rodriguez acusado de fraude fiscal

O Ministério Público espanhol exige ao atual jogador do Bayern Munique uma indemnização no valor de 11,65 milhões de euros

DR  

James Rodriguez é o protagonista do novo caso de fraude fiscal no mundo do futebol. De acordo com o jornal El Mundo, Agência Tributária espanhola acusa o médio colombiano de defraudar os cofres do Estado em 6,35 milhões de euros.

Ao que tudo indica, o valor deve-se a uma alegada exploração inconstante dos direitos de imagem de James Rodríguez em 2014, ano em que se tornou jogador do Real Madrid, vindo do Monaco.

O futebolista colombiano terá apresentado a sua declaração de rendimentos como se não residisse em Espanha, poupando assim essa uma quantia em impostos.

Segundo o El Mundo, na base do crime estará o contrato assinado por James Rodriguez e Jorge Mendes, em 2014, em Marrocos. Contrato no qual o jogador aceitou vender os direitos de imagem por 12 milhões de euros.

O Ministério Público espanhol exige ao atual jogador do Bayern Munique uma indemnização no valor de 11,65 milhões de euros.