Sociedade

Robles, o Prédio em alfama e outros imóveis

O vereador do BE que fez cavalo de batalha da especulação imobiliária e do arrendamento local tem vários imóveis para rendimento, como resulta da sua declaração ao TC, que o SOL consultou. 

Afinal, além do prédio em Alfama, Ricardo Robles tem outros dois apartamentos em Lisboa. Um deles, que fica na zona do Saldanha, foi adquirido pelo vereador do Bloco de Esquerda nos últimos meses e é a sua nova morada. 

Trata-se de um apartamento de 85 m2 com cinco divisões, na Avenida Praia da Vitória (zona nobre de Lisboa) cujo valor patrimonial  é de 65.700 euros. No entanto, ao contrário do que acontece com os restantes imóveis declarados por Ricardo Robles, não é declarado ao TC qualquer empréstimo para a compra do apartamento. 

Este imóvel, aliás, foi a razão para que Ricardo Robles tivesse de entregar ao Tribunal Constitucional uma correção à sua declaração de rendimentos. A lei em vigor dita que todos os políticos em funções entreguem a sua declaração de rendimentos no início e no fim dos seus mandatos. Mas se a meio do mandato se verificar uma alteração aos rendimentos acima de 50 salários mínimos, os políticos têm de entregar ao TC uma correção da declaração.  

A data do documento - consultado ontem pelo SOL - é de 2 de maio de 2018 e deu entrada nos serviços do TC a 28 de junho, pelo que a declaração ainda não foi fiscalizada. Ou seja, o TC pode vir a pedir mais esclarecimentos ao vereador do BE na Câmara de Lisboa, com o pelouro da Educação e dos Direitos Sociais.

Leia mais na edição impressa do SOL. Hoje nas bancas