Internacional

Novo shutdown? Trump deixa ameaça

 Em causa estão as políticas migratórias

Donald Trump escreveu no Twitter, este domingo, que está disposto a paralisar os serviços governativos dos Estados Unidos da América, caso o Partido Democrata não vote a favor de novas medidas de segurança fronteiriça, incluindo a construção do muro na fronteira EUA – México.

“Estou disposto a ‘encerrar’ o Governo se os democratas não nos derem os votos para a segurança fronteiriça, o que inclui o muro!”, ameaça o presidente norte-americano.

Desde que Trump tomou posse, a construção do muro tem sido um dos temas mais debatidos e alvo de polémica. Em causa está um financiamento, por parte do Congresso, no valor de 25 mil milhões de dólares (valor equivalente a 21 mil milhões de euros). Até ao dia 30 de setembro, o Congresso norte-americano tem de votar contra ou a favor deste financiamento.

O presidente dos EUA sublinha na publicação que a construção do muro irá contribuir para que os EUA tenham “finalmente um sistema de imigração baseado no mérito! Precisamos de pessoas grandes a entrar no nosso país!”.

O Partido Republicano tem, neste momento, a maioria do número de deputados no Senado e na Câmara dos Representantes. Contudo, existem divergências dentro do partido, o que levou Trump a ‘atirar-se’ à oposição, com medo de um possível chumbo da proposta.

Esta não é a primeira ameaça de uma paralisação: em janeiro deste ano, Trump ‘congelou’ o Governo durante três dias, devido a um desentendimento sobre os gastos e políticas de imigração.