Internacional

Radical britânico é elo de ligação

O líder da Liga Britânica de Defesa é a nova promessa da aliança Steve Bannon-UKIP.

DR  

Tommy Robinson, de 36 anos e líder da Liga Britânica de Defesa, esteve por mais de uma década nas margens da política britânica, organizando marchas de extrema-direita nas ruas, mas ficou subitamente sob os holofotes por ser a grande promessa da nova aliança Steve Bannon-UKIP. 

Tommy Robinson, cujo verdadeiro nome é Stephen Yaxley-Lennon, ganhou notoriedade quando um tribunal londrino o condenou a uma pena de prisão de 13 meses por desrespeitar duas ordens do tribunal que o impediam de comentar os processos judiciais dos quais era arguido nas redes sociais. O vídeo da sua detenção foi visto por mais de 250 mil pessoas no Facebook. 

Mais tarde, Robinson foi libertado por um juiz ter dado razão ao seu recurso. Saiu em liberdade e transformou-se na nova promessa da extrema-direita no Reino Unido, com Bannon e o UKIP a apoiá-lo.

«Mostra que se pode lutar contra o establishment e ganhar», disse Raheem Kassam, colaborador de Bannon e próximo de Nigel Farage, aos jornalistas. Por sua vez, Bannon descreveu Robinson como «a espinha dorsal do país» e uma pessoa «da classe trabalhadora».