Internacional

Criança morre ao ingerir metanfetaminas pensando que eram cereais

O caso aconteceu no estado do Indiana, nos Estados Unidos

DR  

Um menino de oito anos confundiu metanfetaminas com cereais e acabou por perder a vida depois de ter ingerido uma dose 180 vezes superior ao limite letal da droga. O caso aconteceu em 21 de junho, no estado do Indiana.

A criança acordou com fome a meio da noite, e depois do pai lhe ter dito que não havia comida em casa, o jovem foi procurar alimentos. Encontrou um saco com a droga e comeu-o pensando que se tratava de cereais. O pai, que já tinha sido detido por crimes relacionados com droga, levou a criança para casa dos avós que então ligaram ao número de emergência. A criança acabou por falecer no hospital.

O pai aguarda agora julgamento, que está marcado para dezembro, e arrisca a uma pena que poderá ir até aos 40 anos de prisão.