Internacional

Em Espanha há mais porcos do que pessoas

O aumento da população suína está a tornar-se um problema ambiental

As autoridades espanholas deparam-se com uma situação que pode vir a tornar-se preocupante: atualmente estão registados mais 3,5 milhões de suínos do que o número de habitantes do país. Os dados foram divulgados pelo Ministério da Agricultura e Pescas.

No total o número de porcos ronda os 50 milhões, o que significa uma subida de nove milhões nos últimos cinco anos. O aumento gradual da população suína está a preocupar os espanhóis principalmente devido à emissão de gases com efeito de estufa, uma vez que a pecuária é um dos maiores produtores destes tipos de gases.

O gasto de água tem sido colocado como um problema, não só porque cada porco consome cerca de 15 litros de água por dia mas também porque existem várias regiões espanholas em que as águas estão contaminadas pelos nitratos provenientes dos resíduos das pecuárias. O caso torna-se assim um problema de cariz ambiental.

A carne de porco é a mais consumida em Espanha. Em média cada habitante come 21 quilos de carne de porco por ano. Por isso, são produzidos quatro milhões de toneladas de produtos suínos por ano, o que arrecadou à indústria suína sei mil milhões de euros no ano passado, avança o The Guardian.