Sociedade

Chuvas torrenciais causam deslizamentos de terras, quedas de árvores e inundações na Sertã

Esta terça-feira, uma tempestade tropical causou vários estragos na Sertã, mas “sem feridos a registar”.

“Foi uma trovoada seguida de uma grande descarga de água que durou cerca de duas horas e que provocou inundações, algumas derrocadas de muros e prejuízos em áreas de cultivo, mas sem feridos a registar", disse o vereador da Proteção Civil, Rogério Fernandes, em declarações à Lusa.

De acordo com a mesma fonte, a tempestade aconteceu entre as “17h00 e as 19h00” de ontem, com a queda de precipitação muito forte, e "mais concentrada e a fazer-se sentir nas freguesias de Pedrógão Pequeno, Castelo e Troviscal". Nesta zona registou-se a queda de uma árvore para o IC8.

A pedido dos bombeiros, o Comando Distrital da Proteção Civil (CDOS) de Castelo Branco interveio para ajudar a retirar a árvore que caiu em Várzea dos Cavaleiros.

Além disso, houve ainda pedidos de ajuda em vários pontos do concelhos até, pelo menos, às 19h00, devido a inundações, deslizamentos de terras e acumulação de águas, o que obrigou à limpeza das vias.